11 novembro 2008

BPN como Felgueiras?

Está mais que visto o que se passou no BPN, foi muito mais do que gestão danosa. Ontem, em directo na RTP, alguns accionistas disseram que havia uma teia á volta do BPN. Muitos dos responsáveis (do banco, do regulador e da politica) sabiam o que se passava, mas ficavam calados porque também estavam a encher os bolsos.

Esta é a prova de que o Banco de Portugal e o Governo já sabiam o que se passava no BPN, e ficaram de bico calado. São eles também os responsáveis por este descalabro todo. Mas ainda têm a lata de vir agora fazer figura de salvadores.

Se não fosse Miguel Cadilhe ter chegado ao BPN, encomendado de imediato uma auditoria e, ter tido a coragem de anunciar os resultados e tomar medidas, talvez nunca se viesse a saber o que se tinha passado no banco.

A pergunta que se impõe fazer agora é esta: será que no caso BPN, os responsáveis vão ficar impunes ou vão ser condenados com penas suspensas? Tal como Fátima Felgueiras, o governo aprovará leis e pressionará a justiça, para que os responsáveis sejam "absolvidos", e assim não meterem a boca no trombone?

2 comentários:

AP disse...

Foi a confirmação daquilo que já todos sabíamos. Ou seja temos aqui um verdadeiro escândalo e nada se passa. Como este povo é sereno!
O problema é mesmo o PS saber que o povo é sereno.

Luis Melo disse...

E a teia continua a descobrir-se...

Vejam mais um bocadinho da teia aqui