24 junho 2009

Superliga "incompetente-mor": Jaime Silva pontua

José Sócrates dizia, no hemiciclo da AR, que iria ser nomeado um novo gestor para o Proder, depois do seu amigo Carlos Guerra ter sido constituído arguido no processo Freeport.

Cá fora, o ministro da Agricultura Jaime Silva, dizia aos jornalistas: "Tenho é de ouvir o próprio, como é que ele se sente" e sobre se Guerra iria ser afastado: "Admito ouvi-lo e sei inclusivamente que ele me escreveu uma carta. Admito discutir com ele a situação".

Minutos depois confrontado com a incoerência, Jaime Silva corrigiu-se e disse que Carlos Guerra "pôs o cargo à disposição e eu aceitei".

Tanta confusão que vai neste governo. Então quando o tema é Freeport, parece que ficam todos em pânico e parecem baratas tontas.

Por este episódio, mais 3 pontos para o Ministro Jaime Silva na Superliga "incompetente-mor"

5 comentários:

Miguel. disse...

A descoordenação é sintoma do fim de festa. É a agonia, o ultimo suspiro. Nunca um governo desbaratou uma maioria tão rapidamente.

Daniel Santos disse...

Demasiadas contradições... estão mesmo a precisar de umas férias definitivas.

Luis Melo disse...

Caro Miguel,

Também me parece que já cheira a desespero.

Caro Daniel,

Concordo. Umas férias prolongadas, pelo menos durante 10 anos (fora do Governo).

beijokense disse...

Caro Luis,

então e a derrota de Sousa contra Tavares não pode ser revertida em 3 pontinhos para o PM?

:)

Luis Melo disse...

Caro Beijokense,

Claro que pode. Obrigado pela sugestão.