04 dezembro 2008

à memória de Sá Carneiro

Há 28 anos atrás, uma tragédia tinha lugar em Camarate, e morria o PM de Portugal Francisco Sá Carneiro, na queda do avião que o levaria ao Porto. Até prova em contrário, quero acreditar que tudo se tratou de um infeliz acidente.

Sá Carneiro foi um político único em Portugal. Talvez o seu percurso político tenha sido até perfeito. Foi eleito deputado á Assembleia Nacional e lá lutou, ás claras, pela liberdade e pela igualdade. Não se escondeu ou fugiu, deu a cara pelos seus valores e ideais.

Depois da revolução de Abril em 1974 fundou o PPD e contra todas as expectativas obteve um sucesso incrível. A adesão ao partido foi massiva e rápida. O seu trabalho foi reconhecido pelo povo em 1979 quando lhe confiaram a liderança dos destinos do país.

Sá Carneiro livrou Portugal de uma hipotética ditadura militaro-comunista e pugnou sempre pelos valores da liberdade, igualdade e solidariedade. Foi amado e odiado, mas nunca ignorado ou desprezado. Sempre respeitado.

Não fosse a tragédia de há 28 anos e de certo Portugal seria hoje um país diferente. Não tenho dúvidas de que Sá Carneiro teria feito o mandato de 79-83 e também outro de 83-87. Isso, portanto, não invalidaria a chegada, nessa altura, de Cavaco Silva que foi outro dos bons PM de Portugal.

5 comentários:

AP disse...

Discordo.
Cavaco não foi dos bons PM de Portugal, foi o melhor depois de Sá Carneiro!

Ricardo Rocha disse...

28 anos depois e ainda se anda a partir pedra com Sá Carneiro.
Não falta gente a alimenta-se do mito Sá Carneiro.
Sá Carneiro não teve tempo nem oportunidade de provar o que quer que fosse na área governativa.
O seu mérito foi manter as hostes laranja em ordem. Tirando o interregno com Cavaco. Só por isso é que fazia falta.
Peçam ao Papa para o canonizar e criem um feriado Nacional, já que temos poucos.
Ricardo Rocha

Luis Melo disse...

Caro Ricardo Rocha, tal como diz aqui muitos "portugueses, uns anónimos outros conhecidos lutaram pela democracia e pelo bem estar de Portugal Sá Carneiro foi mais um lutador".

Por isso, e por ter sido um dos que teve mais responsabilidades do que outros, merece uma homenagem.

Ou o Ricardo acha que não merece, só porque não foi preso pela PIDE? Enfim... essa do ter estado preso...

AP disse...

"acha que não merece, só porque não foi preso pela PIDE?"

Não tenho dúvidas nenhumas que a maioria das pessoas é assim que pensa.

Ricardo Rocha disse...

"Não tenho dúvidas nenhumas que a maioria das pessoas é assim que pensa."

Parece que o AP tem procuração e sabe o que TODAS as pessoas pensam para falar por elas.
A minha não tem!