06 julho 2009

O estado do voleibol português

Interesso-me pelo voleibol português e impressiona-me, tal como noutras modalidades, a discriminação que é feita em relação ao género. Envergonha-me também que todas as federações deste país tenham como dirigentes, gente que olha apenas pelos seus interesses. Enoja-me o facto de a comunicação social e a sociedade, juntamente com os intervenientes (atletas, dirigentes, treinadores, etc) nada fazerem contra isto.

Uma pedrada no charco. É o que se pode dizer desta entrevista de Manuel Barbosa, treinador da equipa feminina de voleibol do Clube Académico da Trofa (tri-campeão nacional).

1 comentário:

Luis Carvalho disse...

Bem lembrado. Também tenho um carinho pelo voleibol... Ai que saudades dos duelos entre o Espinho e o "meu" Esmoriz....