08 junho 2009

A vitória da verdade

Excelente a vitória do PSD, com 5% de vantagem sobre o PS. Uma grande vitória de Manuela Ferreira Leite pela escolha do excelente cabeça de lista que foi Paulo Rangel. Uma vitória da forma de fazer política, de verdade, de seriedade, de honestidade. Uma vitória de um partido que apresentou propostas, ideias e estratégias.

Uma derrota inequívoca de José Sócrates e do PS. Passam de 12 para 7 eurodeputados, perdem nos Açores (onde recentemente ganharam as Regionais) e ganham apenas em 2 distritos (sendo que em Lisboa foi apenas por 0,5%). O resultado de ontem foi o 3º pior da sua história. Só em 1985 e 1987 o PS obteve um pior resultado. Nestas europeias o PS teve pior resultado do que o PSD nas eleições de 2005.

Não pode haver a desculpa da crise internacional, que castigou os governos. Sarkozy, Merkl e Berlusconi venceram, enquanto que os governos socialistas de Brown, Zapatero e Sócrates perderam. Foi a derrota da politica socialista que é despesista, premeia a partidarite no lugar do mérito e do trabalho, apoia e legitima a corrupção.

No contexto europeu, o PPE (onde se inserem PSD e CDS) será o maior partido com cerca de 260 deputados, contra os cerca de 150 dos socialistas (onde está o PS). A Europa teve consciência e sabe que rumo quer tomar.

9 comentários:

pedro oliveira disse...

Foi a primeira de 3 vitórias eleitorais. Foi lindo ver as "trombas" de Vital e de Sócrates, só por isso já valeu a pena.
abr

PQ disse...

Vocês vêem a politica como vêem o futebol. Meia bola e força é a base das vossas ideias. Fraquinho, não?

Luis Melo disse...

Caro Pedro,

Valeu a pena ver o sorriso de tantos sociais-democratas e de tantos portugueses.

Quanto às "trombas" dessas duas personagens... confesso que nem os vi. Nem me importa muito o estado de alma deles.

Fico contente apenas por terem levado uma lição de humildade, depois de tanta arrogância na governação e na campanha.

A democracia a funcionar. É bonito.

André Miguel disse...

Volta a haver esperança para Portugal!

PS: por acaso foi mesmo lindo ver a cara de Sócrates!

Anónimo disse...

É preciso ser-se muito parolo para embandeirar em arco com umas eleições que em Portugal nunca tiveram expressão nenhuma.Caso o PS tivesse ganhado as eleições, a oposição diria que o Governo tinha manipulado a consciência dos portugueses com mentiras, propaganda e ataques caluniosos ao PSD e Presidente da República por causa do BPN. Como o PS perdeu, os portugueses são maravilhosos e deram uma lição de democracia. Safaram-se de boa, os portugueses.
Beja

Anónimo disse...

Há festas que às vezes podem redundar em cacetada.A vitória do PSD foi espectacular. Até ganharam nos Açores, e só isso é prova bastante do fenómeno peculiar que está na origem da boa nova. A boa nova, entenda-se, é esta de se continuar com a Ferreira Leite em palco, continuando a lembrar-nos de quem são aquelas pessoas que representa, e agora acompanhada por uma figura que se imagina especial de corrida e que não passa de um anafado bluff. Aliás, também a JSD está cheia de barrigudos, aquilo é malta que não anda a pé nem para atravessar a rua. Gordinho teu amigo

Anónimo disse...

Há festas que às vezes podem redundar em cacetada.A vitória do PSD foi espectacular. Até ganharam nos Açores, e só isso é prova bastante do fenómeno peculiar que está na origem da boa nova. A boa nova, entenda-se, é esta de se continuar com a Ferreira Leite em palco, continuando a lembrar-nos de quem são aquelas pessoas que representa, e agora acompanhada por uma figura que se imagina especial de corrida e que não passa de um anafado bluff. Aliás, também a JSD está cheia de barrigudos, aquilo é malta que não anda a pé nem para atravessar a rua. Gordinho teu amigo

Luis Melo disse...

Caros anónimos,

Normalmente os fracos, quando não têm argumentos, passam para o ataque pessoal.

O "parolo", "barrigudo", etc nos vossos comentários prova isso mesmo.

JSD disse...

Será Manuela Fereira Leite a 1ª Ministra que o País precisa?
Não me parece, foi ela que aumentou os impostos,mesmo antes do Socrates e tal como o Socrates ela tb dizia e tal não faria.
Com muita pena minha o PSD não tem neste momento um lider capaz de bater o Socrates em campanha, ele tem perfil de orador e homem que anda nas multidões, ela refugia-se nos vices e têm medo das multidões, a prova disso foi o ultimo jantar distrital da JSD, onde estive e onde ela deixou toda a gente maçada, e onde não soube sequer agarrar nos membros da Jota.
Sinceramente esta vitória vai servir melhor a quem perdeu do que a quem ganhou.