12 fevereiro 2009

Vai outro cartaz engraçado?




10 comentários:

Bruno disse...

Hehehehehehehe! Boa malha, Luís ;)

Paulo Colaço disse...

Brilhante.
E Sócrates nem pode reclamar dizendo que o estão a difamar.
Se o fizesse estaria a reconhecer que aperta a mão a gente pouco recomendável.
E ganharia um inimigo.
ehehe

Luis Melo disse...

Bruno, Paulo,

Obrigado. Hehehe. Realmente está engraçado, mas queria ter feito um "bigodinho" melhor. Mas não tenho photoshop e fiz á pressão no paint :)

Bruno disse...

Serve bem para passar a mensagem, Luís!

Neste momento, se alguém se engasgar enquanto estiver a falar para Sócrates e lhe sair a frase:

O senhor é um... cof! cof! cof!...

95% das pessoas perceberão que ele lhe ia chamar mentiroso, hehe!

Os outros 5% imaginarão algo pior.

Anónimo disse...

eheheheheheh

Ai se ele descobre este blog e o que o Luís fez...

Beijo,

teresa

AP disse...

Eheheh! Quem não quer ser lobo não lhe veste a pele.

pedro oliveira disse...

Como diria o outro malhar é mesmo FIXE!!!

Anónimo disse...

Malhar é que é fixe!
eheheheheheheheh

Anónimo disse...

O Luis é um verdadeiro Génio. Parabens.

hehehehehehehehe

Anónimo disse...

Há algum tempo atrás quando se falava na construção do aeroporto da Ota, dizia-se que havia interesses ligados ao partido socialista, a Mário Soares e (ou) amigos com terrenos localizados naquela vila do concelho de Alenquer. Interesses? Intrigas? Arranjaram-se mil e duas desculpas para tirar o aeroporto da Ota.
Não quero questionar se o local era ou não o mais adquado.
Muita imprensa e tudo quanto era blog, não se cansaram de falar nos interesses que estavam por trás da localização do aeroporto naquela povoação.
Não faltou na oposição quem mandasse bitates sobre o local onde deveria ser construído o novo aeroporto de Lisboa.
Fizeram-se novos estudos e finalmente o governo cedeu transferindo definitivamente(?) o aeroporto da Ota para Alcochete.
Agora rebentou a bomba. Com a notícia deste fim de semana no Expresso algum tempo antes (em 2006) o BPN (Banco da família PSD Ex- governantes do presidente) havia comprado 6.000 Ha de terrenos na zona de implantação do aeroporto.
Como a imaginação das pessoas é muito fértil, e a minha também, podem-se conjecturar muitas coisas. Muito provavelmente não foi inocente a compra de tão vasta área de terreno no (deserto de Mário Lino) . Também quem me garante que não existiu um lóbi para que o aeroporto da Ota fosse para Alcochete?.
A mim é-me indiferente a localização do aeroporto, pois quando tenho de viajar de avião saio do aeroporto do Porto e se tiver de fazer transferência de avião, é-me indiferente o aeroporto onde o tenha que fazer.
Por muita casualidade que tenha existido, essa casualidade não deve ser mera coincidência.
Já agora, ainda conforme notícia do Expresso, parece que Dias Loureiro mentiu com quantos dentes tem na boca. Será que deverá continuar no conselho de estado?
Cavaco já disse que não pode demitir o seu amigo. Fica ao critério do visado a sua continuação ou abandono deste órgão de consulta do presidente.
Vamos ver onde vão parar as modas.

David Soeiro